own..

own..
Say a Little Prayer for You by Aretha Franklin on Grooveshark

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

sem comentários....


Laura, esse post é inspirado em você...

Boa noite a todos!

Tinha um outro tema em mente para essa semana. Mas vou deixar pra próxima pois acho que esse assunto ainda vai dar pano pra manga e merece uma ira um pouco maior que a costumeira da segundona. Cambiei então para os comentários.

Milhares de blogs na internet clamando por nossos comentários... Você entra de curioso em um site qualquer e tá lá a danada da palavrinha, geralmente em destaque, implorando um clique e uma citação qualquer. Não precisa ser relevante, pertinente ou filosófica, mas há que comentar. Mas só queremos entrar (com passinho de formiguinha), bisbilhotar, rir das bobagens alheias, dos erros e acertos e sair assobiando do tipo 'nem te vi'. Mas acredite, ler um comentário é ainda melhor que escrevê-los...

Atendendo a pedidos, vou tentar esclarecer a forma de comentar; um guia para quem ainda não conseguiu desvendar as tramas do blogspot e deseja simplesmente se expressar:

PASSO1
: Clicar em COMENTÁRIO no fim do post desejado;

PASSO2: Escrever o texto;

PASSO3: Completar a verificação de palavras;

PASSO4: ENTER

PASSO5: São as seguintes opções de assinatura:

  • CONTA DO GOOGLE E SENHA: inserir seu g-mail com senha. Alguns outros provedores também são aceitos;

  • OPEN ID: para quem ter perfil LiveJournal, WordPress, TypePad e AIM;

  • NOME/URL: nome e site;

  • Anônimo, para quem não quer ser identificado.
Poderia ser mais simples, também acho. Mas tentem me convencer de que realmente não falo só para as paredes... Comentem!

Laurets, obrigada por sempre aparecer por aqui e dar um hello!

Beijos.

5 comentários:

Laura Friche de Oliveira disse...

Ô Dri, você não escreve só pras paredes, com certeza. Eu faço uma propaganda louca do seu blog, inclusive no Twitter e sei, mesmo que ninguém comente, que muita gente vem ler. E que gostam do que lêem.

Sei bem como é frustrante quando a gente escreve e ninguém comenta. Mas, pelo menos pra mim, por muito tempo faltou foi coragem... quero te dizer que seus textos são fantásticos e que alegram o meu dia!

Já te disse antes e vou repetir, AMO a sua turma super bacana e essa alegria de viver que vocês tem. Quem dera todos os amigos do mundo fosse assim...

Um bjão Dri!

PS: Dri, todo dia eu morro de rir da resposta do Marcelinho. FO-FO!

Cláudio Beling disse...

Desculpe. Eu não entendí. Como mesmo que faço pra comentar?

Laura Friche de Oliveira disse...

kkkkkkkk

Kizzy disse...

Dri,
Você é mesmo genial ao escrever...
Bjo,
Ki.

mauro disse...

Drí, leio todos os seus comentários no blogg e acho-os sensacionais.
voce tem muita sabedoria e excelente colocação das palavras.
continue sempre assim.
beijos Mauro e Hérika