own..

own..
Say a Little Prayer for You by Aretha Franklin on Grooveshark

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

RE: DESPERATE HOUSEWIVES rs rs rs

Querida LOURA Dri, primeiro obrigado pelo corpinho de 20... rs rs rs, quem me deras...Conforme prometido, aí vai o comentário, agora escrito também.

Eduardo e Mônica, nos anos 80 e esse feminismo dos anos 90, pra mim já passaram...
O século é outro, estamos cansados de saber e ensinaremos aos nossos filhos (ainda espero ter o meu) que realmente não somos iguais, mas temos RESPONSABILIDADES iguais. A dificuldade é gerenciar essa igualdade, com nossa metade da laranja (essa me lembrou da Fê). Tirar esse “extinto vulcão do feminismo” da inatividade fica parecendo que isso não está acontecendo. Te deixa old-fashioned... Concordo com os comentários da Cris e Laura, realmente vc escreve SUPER bem, mas se estão se sentindo sobrecarregadas, compartilhem com Eduardo, Yin, preto, whatever.

Gostaria muito que minhas amigas, que tenho certeza têm a mesma liberdade para organizar o projeto XX, o fizessem... mas fazer com vontade, de estar com pessoas que ama, rir e chorar à vontade.... Realmente um final de semana inesquecível. Fanfarrões? Pode até ser... mas grandes trabalhadores, maridos, noivos e pais. E seguindo a filosofia do meu amigo Washington, trabalhe muito, mas na hora de aproveitar, não economize!

Sei que meu nome entrou no post, não só por ter ligado às 10h48min, (para quem me pediu para ligar até antes... e que para variar todas essas “terríveis” conseqüências vão ser debitadas na conta do avulso... é mais fácil...), mas também por vc ter uma opinião “quase sempre flexível” rs rs rs. Agora, xxxiiiuuuuu, e sem discussão em tempo real. Elogiei-te nos 44 anteriores. Beijão a todos e continue sempre nos brindando com seus excelentes textos.

Um comentário:

dri.NAI disse...

"E o Eduardo ainda estava no esquema escola-cinema-clube-televisão."
Obrigada pelo start Xaxá.
Um tanto quanto unilateral, ardiloso e lúdico, bem como os Eduardos dos anos dois mil... Mas amei anyway!
Beijos.